O Instituto Langage realizará, no dias 22 e 23 de abril, um encontro para discutir as possíveis intervenções em casos de bebês com risco de autismo.

O evento é gratuito e vamos respeitar a ordem de chegada.

Endereço:  Al. Santos, 484 – Hotel CapCana.

Graciela C. Crespin  é psicóloga, psicanalista, presidente do PREAUT. Trabalha com crianças que apresentam transtornos autísticos há vinte cinco anos, ela formou as equipes médicas que participaram da pesquisa PREAUT (www.preaut.fr) e está na origem de diversas iniciativas institucionais inovadoras que visam a intervenção pluridisciplinar de crianças autistas. Tem também longa experiência em supervisão de equipes de creches, abrigos  e escolas de educação infantil.

A imagem do bebê tem mudado, ele passou a ser uma “pessoa” com a qual nos relacionamos. A partir de situações vivenciadas, podemos ajudar equipes a encontrar a melhor maneira de resolver problemas, de compreender o comportamento de uma criança,  de gerenciar divergências de opinião entre os profissionais e os pais, por exemplo. É o que nos explica Graciela Crespin, psicóloga, psicanalista, que trabalha com equipes de educação infantil há mais de vinte anos.
Neste livro, trabalhando sobre cenas da coletividade, ela mostra o interesse de uma prática que se apoia na observação, na reflexão conjunta, na escuta e na colaboração. Um livro que, além de casos, oferece ferramentas de compreensão para os pais e para os profissionais e mostra que a educação infantil é um lugar de escuta e de cuidados.

folder-de-lancamento-do-livro-crespin-sp-out16